Ser Maçom

É inegável constatar a grande curiosidade das pessoas por assuntos pouco divulgados e até guardados a sete chaves. Em nossa civilização, dentre os alvos de tamanha curiosidade está a maçonaria. Muita gente tem vontade de saber o que os maçons fazem em loja, o que conversam e como se identificam.

A razão de tanto mistério em torno da ordem maçônica remonta a antiguidade quando a Igreja Católica, por razões exclusivamente dela, decidiu condenar a nossa organização e associá-la à crença de que mantínhamos pactos com forças demoníacas. Em virtude dessa acusação injusta, muitos maçons foram caçados e mortos, até por pessoas comuns, que juravam estar fazendo o trabalho de Deus contra o demônio. Por causa dessa falsa crença, muitos pais de família foram agredidos e até queimados. Morriam, inclusive, os não maçons que pareciam ser. Devido àquele quadro tenebroso, o que era discreto passou a ser secreto. Isto é, ninguém se declarava maçom para não ser morto. Graças ao Grande Arquiteto do Universo, aquela situação mudou e hoje podemos falar livremente sobre a nossa condição.

Tristezas à parte, a maçonaria tem sobrevivido às transformações da sociedade e a ela se adaptado, mantendo intactos os seus mistérios e simbologias ao longo de milhares de anos. Muita gente, no entanto, fica curiosa em saber quais segredos são estes. Bem, a resposta é a seguinte: não é da conta de ninguém que não seja maçom. Por acaso interessa aos de fora o que você faz ou deixa de fazer no interior do seu lar? Certamente não. Você conta se quiser, mas não interessa a ninguém que não seja da sua família. Com a nossa instituição não é diferente.

O que acontece entre os maçons e dentro dos templos só interessa a eles. Um profano não entenderia, ou mesmo não saberia corresponder às práticas maçônicas justamente por não ser um iniciado naqueles mistérios. Imagine, por exemplo, se você estivesse nos Estados Unidos sem saber uma palavra sequer em Inglês. Iria sentir-se um peixe fora dágua. Para fazer parte daquele mundo teria de ser iniciado nos seus conhecimentos linguísiticos. Concorda? Com a maçonaria também é assim.

De fato, a maçonaria não é uma instituição secreta, e sim, discreta, mas tem os seus segredos. Toda loja maçônica tem personalidade jurídica e estampa amplamente o seu nome, data de fundação e a qual potência pertence. Os maçons são pessoas conhecidas em suas cidades e, muitas vezes, ocupantes de cargos políticos. Portanto, não há nada de secreto em nossa instituição; isto não siginifca, entretanto, que ela seja aberta a todos. Então, a quem interessam os nossos sinais, toques e palavras? Resposta: a nós, e mais ninguém.

Para fazer parte da maçonaria não basta apenas querer. É preciso um membro da ordem observar, por algum tempo, e perceber se o comportamento do candidato condiz com a postura de um maçom, para só depois formalizar-lhe um convite: é uma dos aspectos necessários, você pode pertencer a qualquer religião ou seita, a única exigência é acreditar em Deus, respeitar a pátria e a família. Após o convite, você será submetido a uma sindicância da vida pregressa e, se aprovado, seu ingresso estará subordinado à aprovação dos demais.

Muito se tem tentado fazer contra os mistérios maçônicos, com vistas a divulgar os simbolos e alegorias da nossa instituição. Sinceramente, eu até acho graça de tanta bobagem veiculada na internet, ou em revistas, sobre possíveis revelações dos nossos augustos mistérios. Se fossem fáceis de serem descobertos, você não acha que isso já teria acontecido há muito tempo? Coloque a inteligência para funcionar e perceberá alguma lógica em minha observação.

Ao entrarmos para ordem, juramos segredo sobre tudo o quanto ouvirmos ou falarmos; sobre as nossas formas de identificação e sobre como proceder em loja. Um maçom jamais revelará o que lhe foi confiado, pois se o fizesse, seria considerado um perjúrio, um traidor. Um homem que não cumpre os seus juramentos voluntários não é digno de ser chamado de homem.

Com tanta curiosidade sobre "a vida secreta dos maçons", as pessoas se esquecem do enorme bem que a maçonaria, em silêncio, faz para a sociedade, com seus hospitais, suas obras assistenciais e ajuda aos mais necessitados. Não precisamos de estardalhaço para contribuir para um mundo melhor, e nem buscamos holofotes para os nossos feitos individuais. A ordem trabalha em segredo em prol de uma humanidade mais justa e perfeita.

Ser maçom é desbastar a pedra bruta da nossa ignorância, levantar templos à virtude e construir masmorras aos vícios. Ser maçom é ainda, expandir a razão através desta sagrada e milenar filosofia para expurgar do mundo assombrado a injustiça, os preconceitos e toda forma de dominação. Ser maçom é ser reconhecido como tal no caminho em que se possa ver a estrela flamejante e conhecer os mistérios da linda flor da acácia. A todos os maçons espalhados pela superfície da Terra o meu abraço fraternal.

Quanto aos curiosos, sugiro diversas páginas na internet, cheias de conteúdo sobre a ordem maçônica. Há também os sites das próprias lojas e potências, através dos quais a pessoa pode coletar informações fidedignas sobre o que é e o que faz a maçonaria em nosso país e no mundo.

Autor: Gesiel Albuquerque

Comentários

  1. A maçonaria se divide na obra visivel,geralmente benevola,liderada pelos maçon de nivel hierarquico menor, na sua maioria pessoas indicadas por amigos ou familiares,alguns que visam status ou benesses socias ou comerciais,e alguns curiosos.
    A maçonaria invisivel e controlada por familias poderosas,geralmente judias,realesas europeias e magnatas americanos na sua maioria,pouquissimos maçons conseguem ser admitidos na ala escura da maçonaria e somente aqueles com ambiçao desmedida e poder economico ou social sao admitidos, o resto é massa de manobra, a maior parte das sociedades secretas funciona desta maneira,pois sao interligadas.
    No plano invisivel,os anunnakis, agem no comando mental dos mestres ou responsaveis destas sociedades, utilizando-os ao seu serviço em detrimento de toda raça humana,nosso inimigo é astuto pois buscar se esconder no ultimo lugar onde procurariamos.onde seria?..............................................................................................................................................................................................................................................................................................no seu ego.
    LUZ PARA TI, MEU AMIGO.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Ao comentar, coloque seu nome e a localidade.

Postagens mais visitadas deste blog

Esclarecimentos enviados por Rodrigo Romo

Rodrigo Romo é uma farsa

Anjos, deuses e equívocos