Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2011

Bases subterrâneas nas infradimensões

Imagem
Há milhares de bases subterrâneas instaladas no mundo astral simétrico ao plano 3D (a Terra física). Quando os seres dessas bases decidem seqüestrar os corpos astrais dos humanos durante o sono, eles utilizam elevadores que descem a profundidades incríveis e assumem rotas verticais ou horizontais.

O objetivo dos seres malignos ao construírem estas bases em grandes profundidades é dificultar, ao máximo, serem descobertos pela polícia interdimensional ou pelos protetores das suas vítimas. Lá embaixo, as entidades seqüestradas costumam receber implantes, sofrer torturas psíquicas ou clonagem do seu cordão prateado, ou ainda, receber programações de lavagem cerebral. Quando voltam ao corpo (ou à superfície), não lembram de nada, mas passam a sentir os sintomas das “coisas” instaladas em seus corpos.

Os moradores dessas regiões são, geralmente, magos negros e alienígenas renegados em seus mundos, os quais vivem no astral do planeta Terra há milhares de anos. Nestes locais há cultos secreto…

Físico de Hong Kong prova que viajar no tempo é impossível

Imagem
Sabe aquela cena de viajar no tempo e no espaço? Ela ainda ficará restrita às histórias de ficção científica. Na vida real, um físico de Hong Kong provou que nada pode viajar mais rápido do que a velocidade da luz --teoria formulada por Albert Einstein.

A possibilidade de se viajar no tempo surgiu cerca de dez anos atrás, quando cientistas descobriram a propagação superluminal (mais rápida que a luz) de pulsos óticos em alguns meios específicos.

Posteriormente ficou provado que o fato era na verdade um fenômeno visual, mas os pesquisadores ainda defenderam que um único fóton poderia superar a velocidade da luz.
O professor assistente de física Du Shengwang, da Universidade de Ciência e Tecnologia de Hong Kong, decidiu encerrar a discussão acadêmica e provar que as conclusões de Einstein estavam corretas medindo a velocidade de um único fóton.

"O estudo mostrou que um único fóton também obedece ao limite de velocidade como as ondas eletromagnéticas", disse ele.
"Ao prov…

O invisível existe

Imagem
Iniciados não têm qualquer interesse em “provar” a existência do Invisível: eles não seriam iniciados se não tivessem tido experiência pessoal da experiência dos planos sutis, e daquelas partes da consciência humana que são da mesma gama vibratória que essas esferas de energia que a ciência oficial está começando finalmente a estudar.

Nós sabemos que o Invisível existe. Portanto, quando um caso de extrusão indevida das forças sutis no mundo material nos é anunciado, nós procuramos investigar a situação com a maior objetividade possível. A solução de um pretenso caso de ataque mágico não deve ser procurada em nossos preconceitos, e sim na evidência disponível.

O primeiro passo, em todo caso, é chamar o médico ou o psiquiatra em nosso auxílio. Se os fenômenos não podem ser curados em termos de doenças do sistema nervoso ou glandular, ou explicados em termos de repressão anormal dos instintos naturais do animal humano, então é tempo de considerarmos a nossa experiência e aplicarmos nos …

Proteção individual

Imagem
Quando você pensar que já sabe de tudo, perceberá que não sabe nem o ínfimo de uma parte de tudo aquilo que nos influencia e nos controla a partir das outras dimensões. O problema não é conhecer, e sim, entender todo o processo ardiloso utilizado pelos milhares de seres interessados no projeto humanóide.

Não é a toa que os seres humanos vivem “cegos” para essa realidade, embora, a maioria busque a sua proteção individual para enfrentar os desafios da sobrevivência. Por causa dessas buscas, muitos pactos, acordos, votos e contratos se estabelecem entre os seres multidimensionais e os encarnados na Terra.

A matriz de controle é muito poderosa. Não será fácil se libertar dela, até porque os seus mantenedores entendem que se você não está com eles, está contra eles. E o tratamento deles dispensado aos inimigos, isto é, os que tentam retirar o véu, é muito duro, indizível para os padrões humanos. Isso porque os recursos utilizados por estas instituições do astral são milhões de anos-luz m…

Onde ela malha?

Imagem
Foto: reprodução

Teoria da relatividade X Física Quântica

Imagem
A teoria da relatividade em si, embora tenha conseqüências importantes no modo como se faz uma parte da física, provavelmente não levará a uma nova visão de mundo. Embora uma leitura errônea de Einstein tenha sido animadora para a tendência a favor do "relativismo", para certas correntes históricas e antropológicas a teoria da relatividade em si trata da física das altas velocidades e enormes distâncias. Ela se consuma numa escala cosmológica e não tem virtualmente nenhuma aplicação em nosso cotidiano, em nosso mundo de pés na terra. Assim, ainda que qualquer colegial saiba que o espaço é curvo e o tempo, da forma como o conhecemos, não passa de uma mera ilusão, é muito improvável que as pessoas comuns cheguem a uma compreensão da realidade diária sob as luzes da obra de Einstein.

A física quântica é diferente. Sendo a física desse minúsculo micromundo dentro dos átomos, ela descreve o funcionamento interno de tudo o que vemos e ao menos fisicamente somos.

Todo o mundo da ma…

Itamar Franco

Imagem
Foto: reprodução

Grande homem, grande político, grande presidente! Descanse em paz!

Visão metafórica sobre o amor

Imagem
"O amor é fogo que arde sem se ver, é ferida que doi e não se sente..."(.) Com esta frase extraída do texto de Luis Vaz de Camões (1524-1580), pretendo falar sobre a importância desse sentimento para todos nós. Obviamente, muito do que for dito aqui, será do seu conhecimento porque a temática amorosa é uma constante em todas as escolas humanas.
A citação acima é o começo de um poema cuja preocupação é demonstrar as incongruências de um sentimento tido pelo poeta como avassalador, o qual costuma se tornar uma doença da própria alma de quem o vivencia, agindo como uma droga que, apesar de fazer mal, não consegue ser rejeitada. Não é atoa que, na composição deste poema, o autor se refere ao amor como um "contentamento descontente". Em si, você já pode perceber quão incoerente é esse contentamento sem contentamento. Isto é, como é que alguém pode dizer-se contente, estando descontente? Esta é uma das façanhas do impretadas pelo amor camoniano.
Há muitas modalidades de…