quinta-feira, 7 de junho de 2012

Eram os deuses astronautas?

O pesquisador norte-americano Erich Von Däniken pergunta em seu livro: “Eram os deuses astronautas?” Eu respondo. Eles eram astronautas. Porém, eram (e são) verdadeiros demônios.
Já mantive contato com ETs astronautas, robôs, reptilianos e insectóides. Em nenhuma dessas experiências eu me dei bem. Todos queriam fazer alguma coisa contra mim.

Zeta Reticuli

A raça alienígena que mais interfere nos desígnios da humanidade é a zeta reticuli. Esses aliens baixinhos, cinzento-azulados e de olhos amendoados são, na sua maioria, extremamente perversos. No entanto, eles agem assim sem ter qualquer percepção ou sensibilidade ao nosso sofrimento. Para eles, que são cientistas tecnologicamente avançadíssimos, os humanos são objeto das suas pesquisas que visam a uma possível recomposição genética do seu DNA destruído em outros mundos.

Para outros zetas, os humanos não passam de alimento. É isso mesmo: alimento. Eles são vorazes consumidores das nossas energias e, para se alimentarem, implantam objetos e aparelhos em nós, os quais sugam as nossas energias emocionais e mentais. Porém, isso já não é novidade. O que é novidade é o poder desses seres de controlar mental e emocionalmente qualquer ser humano, esteja onde estiver. 

A humanidade não sabe, mas diversos acontecimentos coletivos e individuais estão relacionados à ação dos zetas. Entre eles estão as guerras, as rixas entre etnias e defesa de crenças, as tragédias familiares, a pedofilia, o homosexualismo, o incesto, o suicídio, etc.
Os zetas não são espíritos, porém vivem numa dimensão paralela à nossa, através da qual eles podem nos ouvir, sentir e influenciar tudo em nossa existência. Para eles, trabalham os ETs astronautas e os magos negros, os quais administram o reino da magia negra altamente tenebrosa. Lamentavelmente, a humanidade física é forjada nas forças mais deletérias do universo.

Autor: Gesiel Albuquerque

Sobre abduções


Abdução alienígena é um tema explorado, porém, visto mais como uma loucura, de quem supostamente a sofre, que uma coisa séria merecedora de melhor investigação. A razão para isso é de fácil análise.

Acontece que as abduções ocorrem, majoritariamente, durante o sono. Ou seja, enquanto estamos dormindo, os aliens (principalmente os zetas) sequestram o nosso corpo astral e nele implantam entidades, objetos ou aplicam suas energias tenebrosas.

Essa história de ETs fazendo marcas no chão, matando bois e vacas, ou levando o corpo físico de seres humanos para dentro de suas naves é coisa do passado. Os ETs encontraram um meio mais eficaz e ultra discreto para executar as suas ações diabólicas contra a humanidade.
 
Existem milhões e milhões de ETs entre nós, alojados dentro dos corpos astrais dos seres humanos, e consequentemente dentro do corpo físico. No entanto, ninguém desconfia de tal processo. E mesmo que alguém suspeitasse disso, trataria como fantasia e esquizofrenia, e nada mais. O que estou afirmando aqui, conheço bem de perto.

Autor: Gesiel Albuquerque