Agulhas..implantes...revelações

É chegada a hora de todos saberem o quanto são influenciados por seres de outras dimensões, os quais possuem total inserção em nosso mundo físico através de portais abertos em nossa alma. A propósito, o que eu estou falando não deveria ser novidade para ninguém, já que todos são provenientes destes mundos intervenientes, com a diferença de poderem se alojar (se guardar) no corpo físico.


Faço aqui uma revelação. Uma maneira muito fácil, simples e efetiva dos seres dimensionais nos controlarem é através da colocação de agulhas em nossos corpos astrais. Agora, espantem-se! Isso ocorre a qualquer hora do dia e da noite, e em qualquer lugar. Não precisa ninguém estar dormindo.

As agulhas inseridas nos humanos servem para criar uma espécie de homeostase energética entre os implantadores e seus alvos. Assim, eles podem captar vibrações emocionais e mentais dos escolhidos e implantar mais porcarias em seus corpos. Ex.: implantação de entidades, chips, eletrodos, pequenos cristais, placas, fios, etc. A variedade de objetos e entidades implantadas nos humanos é muito grande.

Os implantadores costumam colocar as tais agulhas na nuca da pessoa-alvo. O incrível é que, no local, costumam surgir bolhas ou pequenas feridas como se fossem espinhas estouradas. A razão para eles escolherem esta região do corpo astral é devido à sua relação direta com o chacra umeral, localizado um pouco abaixo da nuca.

O indivíduo pensa que tem alguma alergia ou irritação pós-corte de cabelo. Isso pode acontecer, mas, em sendo resultado de implantes, as bolhas surgem do nada. Geralmente, ao acordar, você já pode percebê-las, porque dormiu sem tê-las. Quando, associado a estes objetos, o implantador gruda elementais no corpo da vítima, o serviço fica completo. Isto é, malignamente concluído. A pessoa passa, então a ter reações diversas, como: ódio de tudo ou de todos, pavor crônico das pessoas e de determinados lugares; sente ainda desejos estranhos e literalmente animalescos, como: ingerir alimentos estragados, não praticar higiene pessoal, dormir nas calçadas, isolar-se totalmente, usar drogas, etc.
 

Outra revelação. Muitos (supostos) humanos realizam esta implantação. Isto é, servem aos propósitos malignos dos magos negros alojados nas infradimensões paralelas e aos alienígenas macabros conhecidos como zetas. Este "humanos" estão entre nós, mas não gostam da humanidade e, por isso, nas dimensões paralelas, seqüestram corpos astrais para que seus chefes possam obsediar, roubar energias e controlar consciências.

Alguns sintomas da ação destas coisas: crises emocionais inexplicáveis, depressão sem causa definida, medos e sensação de culpa sem qualquer causa aparente, irritação sem controle, formigamentos constantes sem causa médica diagnosticada, imagens mentais persistentes, frio constante no umbigo ou ardência na nuca.

Eventos do dia a dia relacionados a estes objetos: brigas, nervosismo intenso, provocações gratuitas das outras pessoas, pequenos acidentes repetidamente, queda da pressão arterial ou falta de ar, tonturas, enjoos, desmaios imotivados, etc.

Convém salientar que os sintomas mencionados acima não são exclusivos de causas espirituais. Dessa forma, tais impressões e sensações não eximem a pessoa de procurar o seu médico para verificar os reais motivos das reações registradas pelo seu organismo.

Convém dizer ainda, que ninguém pode se deixar impressionar por tais circunstâncias quando elas apontam para possíveis motivos astrais. O solução é buscar a cura diuturnamente, o que nem sempre é conseguido de imediato. Conheço vários casos em que as pessoas lidam com ataques dos seres tenebrosos durante toda a sua vida física e morrem sem resolvê-los.

Livrar-se de problemas relacionados aos ataques astrais não é uma tarefa simples e rápida, pois tudo tem a ver com as nossas verdadeiras conexões infradimensionais gravadas em nossas células quânticas e em nossa memória estelar. Numa análise metafórica, posso dizer que tais conexões são um grande novelo de linho, o qual permanece intrinsecamente amarrado fio a fio, nó a nó. Para desatá-lo, é preciso que haja muito cuidado, parcimônia e paciência até o seu final.

Nada garante, no entanto, que ao nos livrarmos dos nossos "travadores", não nos comprometamos novamente com indivíduos, lugares e situações semelhantes ou iguais às anteriores. Por isso o Cristo foi tão enfático depois de livrar a mulher adúltera das mãos dos apedrejadores, advertindo-a: "_Vá e não peque mais". Cá pra nós, não pecar é a parte mais difícil.


Autor: Gesiel Albuquerque

Comentários

  1. Olá. Você poderia falar mais sobre estes portais da alma. Esses portais estão relacionados com obsessão e possessão do individuo? Tem como fechá-los?

    Luiza

    ResponderExcluir
  2. Mas, afinal amigo Gesiel, como a gente faz pra se proteger de tudo isso e evitar que mexam em nós? Juan/Caxias do Sul-RS

    ResponderExcluir
  3. Caro Juan,

    Não há ninguém totalmente protegido sobre a Terra. A razão disso se encontra nas nossas participações em guerras entre civilizações de outras galáxias antigas ou simultâneas.

    Durante essas guerras, na condição de dominados ou dominadores, assumimos compromissos com pessoas e situações, cujas energias atuam em nossos corpos conscienciais nesse momento.

    Portanto, o melhor remédio (não 100%, é claro), é vigiar e orar. Ou seja, ficar atento e instruído sobre o que acontece conosco.

    Fique na paz.

    Prof. MSc. Gesiel Albuquerque

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Ao comentar, coloque seu nome e a localidade.

Postagens mais visitadas deste blog

Rodrigo Romo é uma farsa

Esclarecimentos enviados por Rodrigo Romo

Anjos, deuses e equívocos