domingo, 30 de janeiro de 2011

Chaves de Ezequiel (II)

Segunda Chave: ez3:1-15-dd:30? 5=4

Disse-me: coma este rolo e avise ao povo do lugar onde você mora. Então abri a boca e ele me deu a comer o rolo. Disse-me: sacie a sua fome com este rolo que te dou. Então o comi; e tinha um sabor doce feito mel.

Avisou-me: eis que fiz duro o seu rosto contra os rostos deles. Fiz como esmeril a sua fronte, mais dura do que a pederneira. Não tenha medo deles, nem se assuste com suas fisionomias.

Programaram-me com o seguinte comando: filho do homem, receba no seu coração todas as minhas palavras e ouça com muita atenção.
Vá ao cativeiro viver com os prisioneiros e com os filhos da sua gente, alertando-os para obedecerem às ordens do seu líder.

Então o extraterrestre me levantou e ouvi por detrás de mim uma voz de grande estrondo, que dizia: Bendita seja a glória do Senhor, desde o seu lugar.

E ouvi o ruído das asas dos seres viventes ao tocarem umas nas outras, o barulho das rodas ao lado deles e o som de uma grande explosão.

Então o ET me levantou e me levou; fui, amargurado, na indignação do meu espírito; E eu me sentia impotente para me soltar.

Ao chegar ao cativeiro, vi muitas pessoas provenientes do mesmo lugar onde nasci. Fui mantido preso naquele lugar por sete dias.

Autor: Profeta Ezequiel.
Referência: Livro de Ezequiel, Cap. 3

Lógica da criação


Os conflitos humanos surgem porque, a todo instante, estamos a confrontrar lógicas diversas; a tentar derrubar a lógica do outro e a implantar – pela força, pelo medo, pela culpa ou pela sedução, a nossa lógica.

Tal movimento é constante e sem regras. Digo, as regras humanas estão aquem de regerem as lógicas da Criação. É o que se conhece como caos: ou seja, o verso e o inverso.

Assim como o “yin e o yang”, assim como a “cara e a coroa”, a existência é composta por dois universos, os quais não podem ser negados, tampouco anulados. Somos luz e trevas: uma parte não existiria sem a outra. Somos a ínfima lógica da criação, cada um tem a sua. Somos unidades em constante conflito – interno e externo.

Autor: Gesiel Albuquerque
Imagem copiada de: http://www.pontosdevistas.net/pv/index.php?showimage=403