sábado, 10 de dezembro de 2011

Defesa espiritual

Preciso destacar neste artigo a importância da oração e da vigilância em nossas vidas. Mesmo atentos e vigilantes, não deixamos de sofrer investidas malígnas sobre nosso cotidiano e nossos projetos pessoais. Enganam-se aqueles que pensam estarem protegidos só porque se encontram num suposto patamar superior vibracional. Isso é embuste dos magos negros, os quais buscam criar em nós a sensação de proteção; quando, de fato, ninguém está 100% protegido.

Se alguém se achar totalmente protegido, por favor, envie-me um email; eu quero conhecer o super-homem ou a super-mulher. Na verdade, ninguém está cem por cento protegido porque, dentro de cada um, há infinitas conexões com situações, experiências e outros seres com os quais lidamos nas diversas existências. Tais contatos estabelecem laços emocionais, mentais e energéticos, majoritariamente negativos. Quando buscamos mudar a frequência vibracional dessas experiências, já é tarde, pois muitos dos nossos ex comparsas, "amigos" ou dependentes não aceitam a nossa mudança e tentam fazer de tudo para não acessarmos patamares vibracionais pertinentes à paz e ao equilíbrio da alma.

Há também entidades e organizações preocupadas apenas em combater os propósitos divinos imanentes em nós. Todas as vezes que buscamos acessar a fonte trina do amor incondicional, uma luzinha vermelha se acende nos laboratórios dos cientistas e magos negros; e a partir, daí, uma ardilosa ação de ataque sutil e covarde é montada contra nós. Se não formos fortes (e dificilmente somos), nos deixamos sucumbir pelas diversas táticas malígnas de controle emocional e espiritual; ficando muito mais difícil acessar a nossa luz interior. Nessa hora, orar e vigiar é muito mais importante e necessário.

Orar e vigiar é um processo fundamental para o combate aos ataques trevosos, pois os mesmos visam a minar as nossas defesas psicológicas, emocionais e energéticas, para depois dominar-nos por completo. Uma vez caído nos domínios dos malígnos, a saída das suas garras é muito difícil.

No entanto, a oração a que me refiro não pode ser apenas balbuciar de palavras ou fórmulas vazias. Ela tem de estar impregnada pela energia da ação e da reação às investidas do mal, através de atitudes contrárias e energeticamente poderosas o suficiente para anular o efeito das forças tenebrosas: essa é a nossa verdadeira defesa espiritual.

Vigiar significa estar sempre alerta em relação às brechas existentes em nossas alma, as quais possibilitam a investida dos seres malígnos contra o nosso manancial divino.

Orar significa agir contra todas as formas de ataque de forma a combater uma energia xis com outra energia ípsilon. Isto é, temos de ser diferentes daqueles que nos atacam; do contrário, seremos facilmente rendidos.

Autor: Gesiel Albuquerque