terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Nossos Eus nas outras dimensões

Estamos presentes em diversas dimensões. Isso não é novidade, pois já falei sobre isso antes. Por isso, quero relembrar a todos que muitos dos problemas interiores e exteriores vivenciados por nós, no plano físico terráqueo, estão relacionados ao que sofremos ou realizamos nas dimenões onde os nossos outros Eus estão se manifestando.

Para tentar explicar isso de forma mais simples, eu lhe proponho imaginar o seguinte: às vezes, na 3D (Terra), você é uma pessoa boa, amiga, sociável, e até religiosa; de conduta ilibada, como diriam alguns. Porém, alguns dos seus Eus estão envolvidos em conflitos, guerras ou causas pessoais em outras dimensões, o que faz com você sofra por parte dos seus inimigos constantes ataques, perseguições e até aprisionamentos. (Lembre-se daquele filme "O exterminador do Futuro", com Arnold Schwarzenegger).
Você já se perguntou por que sofre tanto e, aparentemente, sem motivos? Já que é uma pessoa "tão boa para os outros". Pois bem, a resposta está no que os seus Eus fazem nos diversos mundos onde estão projetados.

Infelizmente, sofremos os reflexos dessas práticas por nós desconhecidas em estado de vigília. Já se perguntou, também, por que tem tantos sonhos ruins, sem motivo aparente? Já que sempre procura fazer o bem aos outros? A resposta também é que dei acima.

Isso, entretanto, não tem nada a ver com a visão propalada pelos espíritas quanto a uma suposta lei do karma, que de lei não tem nada; e nem de karma.

É bom que você saiba que a 3ª lei de Newton (ação e reação) - tão conclamada pelo espiritismo - não se aplica em aboslutamente nada ligado ao que se convencionou chamar de Karma. Qualquer pessoa mais estudiosa e menos dogmática percebe a fragilidade dessas ideias associadas à nossa experiência enquanto seres astrais vivendo em corpos de carne e osso.

Autor: Gesiel Albuquerque