terça-feira, 26 de agosto de 2008

Os seres humanos são implantados.

Atenção! Acredite se quiser! Somos implantados por seres que atuam nas dimensões pesadas, energeticamente falando. Eles assim o fazem porque precisam da baixa energia que liberamos ao produzirmos sentimentos e pensamentos negativos.
Estes seres se aproveitam da nossa ignorância espiritual e por estarmos presos à dimensão dos sentidos, cuja vibração danifica qualquer percepção mais refinada do ponto de vista espiritual.
Os principais implantes são:
a) chips hipnóticos,
b) aparelhos astrais para causar dor ou doenças fantasmas;
c) seres elementais capazes de, mesmo sem o princípio inteligente, agirem como se fossem humanos, mas ao comando de magos das trevas;
d) ovóides espirituais que sugam as nossas energias, causando depressão, tristeza e falta de vontade de viver;
e) peias energéticas;
f) criaturas sepulcrais que ficam imantadas ao indivíduo e lhes causam toda sorte de morbidez e/ou intemperança.
Ao denunciar isto, tenho a sincera intenção de alertar a todos que temos sido vítimas de seres nada amigáveis para com a raça humana.

segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Homenagem ao Radialista.



Meus amigos, o dia do radialista está ainda um pouco distante (07/11), mas resolvi fazer uma homenagem singela a essa profissão da qual faço parte com muito orgulho. Pensei em entrevistar um colega para representar a classe e escolhi o radialista Paulo Galvão, da Rádio Alvorada AM de Cruz das Almas.
Este jovem profissional começou a sua vida no rádio em 1990, atuando como rádio-amador, o que lhe fazia estar em contato com o país inteiro e com o mundo. Depois foi para a rádio alvorada - emissora que pertencia à sua família, cuja concessão foi dada pelo ministério das comunicações, na época, ocupado pelo falecido senador Antonio Carlos Magalhães.
Paulo ama o que faz. Não é a toa que ele comanda o programa “Jornal da Gente”, ao lado de Natan Mobuto, transmitido de segunda a sexta, das 6 às 8 da manhã.
Galvão profissionalizou-se como radialista através de um curso ministrado pelo sindicato dos radialistas de Feira de Santana, o qual foi chancelado pela Universidade Estadual de Feira de Santana – UEFS. Há três anos, este profissional tem abrilhantado o jornalismo radiofônico da nossa região com seu jeito claro e objetivo de comunicar.
Uma grande qualidade de Paulo Galvão é ser humilde; sempre que o encontro, elogio o seu desempenho e percebo o seu progresso. Quando ele começou como repórter, se dizia inseguro e cheio de dúvidas. Hoje, apresenta-se como um comunicador prudente, equilibrado e de bom tom de voz: não gagueja, não titubeia, não usa gerundismos, não emite opinião irresponsável e pesquisa todos os fatos. Galvão não é daqueles que planta a notícia; nem se deixa acomodar.
Ele diz o seguinte: “escolhi ser radialista para quebrar uma forma ultrapassada de dar a notícia. Vim para fazer o noticiário do momento, não o do mês passado.” Paulo critica o modelo de alguns jornais que dão notícias ocorridas há um ou dois meses, cujo impacto não se pode sentir mais, tampouco buscar soluções prementes.
Ser radialista não é fácil! Só permanece na profissão quem tem paixão pelo que faz, quem não tem medo nem preguiça de fazer um jornalismo sério e de qualidade. Acredito que Paulo Galvão seja um desses bons profissionais que podem orgulhar a radiodifusão baiana.

domingo, 24 de agosto de 2008

Olimpíadas de Pequim 2008: lição para os brasileiros.




Fotos copiadas do site: http://ultimosegundo.ig.com.br/olimpiada//galeria/2008/08/24/com_festa_de_encerramento_pequim_se_despede_dos_jogos_128983.html#, em 24/08/2008.

As olimpíadas chegaram ao fim. Que festa bonita!
Pena que o Brasil foi muito mal nos jogos. Aliás, não se podia esperar muito de um país que investe tão pouco nos esportes. Não era mesmo de se esperar uma trajetória dourada de atletas cuja a luta diária está mais voltada à busca de patrocinadores do que, especificamente, a uma preparação consistente.
China, Estados Unidos, Alemanha, entre outros, não subiram várias vezes ao topo do pódium à toa. Estes países levam o esporte a sério e insistem na melhor preparação dos seus atletas, que começa desde a infância, nas escolas de ensino básico e depois nas universidades.
Parabéns a todos! Mas, fica a lição para o Brasil seguir.

Em Cruz das Almas, precisamos de:


Melhor Correio postal (o serviço prestado pela agência local é muito ruim)
melhor saúde,
melhor trânsito,
melhor ordenamento viário,
melhores funcionários públicos,
melhor gestão ambiental,
melhor saneamento básico,
melhor educação municipal,
melhores vereadores
e de um prefeito melhor

Autor: Gesiel Albuquerque

sábado, 23 de agosto de 2008

Eleitor (cruzalmense) maduro.

Ao que tudo indica, de acordo com as pesquisas realizadas informalmente, o prefeito Orlandinho está com ampla vantagem sobre os seus rivais. Acredito ser isto uma demonstração inequívoca da maturidade política do eleitor cruzalmense, que sabe reconhecer um modelo de administração pública inegavelmente democrática.
Não podemos esquecer, entretanto, que a administração Orlandinho deixou muito a desejar nos quesitos Educação Básica, Trânsito e obras públicas. Caso ele se reeleja, deveremos cobrar do seu governo, com a mesma veemência do voto, a realização de obras públicas mais contundentes, a atenção devida aos profissionais de educação e a profunda melhoria para o trânsito de Cruz das Almas. Ou então, iremos parecer com aqueles sujeitos dos comerciais televisivos do TSE 2008: aqueles que vacilam justamente na hora H e ficam a ver a mesma paisagem sempre.

domingo, 17 de agosto de 2008

Cruz das Almas precisa de:

melhor saúde,
melhor trânsito,
melhor ordenamento viário,
melhores funcionários públicos,
melhor gestão ambiental,
melhor saneamento básico,
melhor educação municipal,
melhores vereadores
um melhor prefeito...
Na verdade, não vejo qualidades políticas marcantes em nenhum dos dois candidatos mais fortes. Acho que a mistura de um com o outro daria um prefeito mais competente para Cruz das Almas.

O sonho de Diego foi ao chão: o Brasil caiu também.


PEQUIM (China) – Quatro anos atrás foi Daiane dos Santos. Dois pousos desequilibrados e o fim do sonho do ouro olímpico em Atenas. Hoje, no National Indoor Stadium de Pequim, o pesadelo tomou conta de Diego Hipólito.
Parece sina.
Tudo estava indo bem. No tablado, depois do terceiro movimento, Diego sorriu, seguro de seu desempenho. Mas a última seqüência, um duplo twist grupado, colocou tudo a perder.
Na sexta-feira, no treino último, Diego e o técnico, Renato Araújo, decidiram por esse movimento ao invés do "Hypólito", que é o duplo twist carpado, mais arriscado.
Não deu certo.
"Ele nunca cometeu esse erro antes", jurou o treinador de Diego.
Mas o ginasta acabou caindo.
Como a queda, ruiu o sonho do ouro olímpico. Era o movimento perfeito para encerrar a apresentação, igualmente perfeita.
O bronze já teria sido uma grande decepção; foi o que ambos comentaram na manhã deste domingo, aqui em Pequim. A sexta posição, então, foi um golpe duro demais para o bicampeão mundial.
"Não acredito que estou no chão". Foi isso que um estupefato Diego Hypólito falou para si mesmo assim que terminou o movimento. Levantou-se completamente sem graça, mão direita na cabeça... bem, o resto a televisão mostrou.
Mas não mostrou este andreense sentado numa das cadeiras de plástico reservadas para os atletas ao lado do tablado. Não viu mais nada do que aconteceu. De lá não saiu até a competição terminar e acabar com o chinês Kai Zou com o ouro, o espanhol Gervasio Deferr com a prata e o russo Anton Golotsutskov com o bronze.
Araújo, que o conhece há 12 longos anos, respeitou o momento de seu ginasta. Nas poucas vezes que passou por perto de Diego, apenas olhou para ele, sem dizer nem uma palavra sequer. Apenas ouvia. E sempre a mesma frase:
"Não acredito, não acredito, não acredito", repetia Diego.
Matéria retirada do site: http://ultimosegundo.ig.com.br/olimpiada/modalidades/ginastica/2008/08/17/movimento_perfeito_tira_medalha_de_ouro_de_diego_hypolito_1571797.html, em 17 de agosto de 2008.

sábado, 16 de agosto de 2008

Cielo e o Brasil ganham o seu primeiro ouro.



Quando César Cielo conquistou a medalha de bronze nos 100 m livre, na quarta-feira, e disse que iria trazer também a medalha de ouro, poucos acreditaram no que o nadador falava. Nesta sexta-feira, ele cumpriu a promessa. Com 21s30, a apenas dois centésimos do recorde mundial, o brasileiro quebrou novamente a marca olímpica da prova e conquistou o primeiro ouro do Brasil em Pequim.
Com a medalha de ouro dos 50 m livre, conquistada nesta noite (manhã de sábado em Pequim), ele se torna o primeiro brasileiro campeão olímpico da natação. Antes dele, as principais glórias nas piscinas eram de prata, duas com Gustavo Borges (100 m livre em Barcelona-1992 e 200 m livre em Atlanta-1996) e uma com Ricardo Prado (400 m medley em Los Angeles-1984).
Atenção: texto e fotos copiados do site: http://noticias.bol.uol.com.br/esporte/2008/08/15/ult5584u4541.jhtm, em 16 de agosto de 2008.

sexta-feira, 15 de agosto de 2008

A pequena Jade.



Fotos copiadas do site www.msn.com.br, em 15 de agosto de 2008.
Jade Barbosa está entre as dez melhores ginastas dessas olimpíadas de Pequim 2008. Entre tanta gente boa no mundo da ginástica olímpica essa posição não é das piores para a nossa brasileirinha.
É sabido que o Brasil não investe como devia em esportes, tampouco tem tradição em outras modalidades esportivas a não ser o futebol. Por isso, o feito da pequena Jade, mesmo com a mão machucada, mesmo com todos os percalços enfrentados até as olimpíadas, é mercedor de reconhecimento e de aplausos.

Esse bispo...


O jornalismo da Record News, emissora do bispo Edir Macedo, parece estar fixado em só noticiar fatos violentos. Não se assiste a uma notícia sequer, umazinha apenas que fale de projetos ou eventos menos catastróficos ou sem qualquer violência: a tônica é falar de acidentes, assaltos, seqüestros, corrupção, dentre outros; como se na sociedade brasileira só existisse isso. “Jesus Cristo é o senhor”!

quinta-feira, 14 de agosto de 2008

A escola pública.




(Fotos copiadas do site: http://www.fotosearch.com.br/fotos-imagens/educa%C3%A7%C3%A3o.html)

A escola pública não deixa a desejar para nenhuma escola particular. Explico: Os mesmos profissionais que atuam na rede pública de ensino geralmente atuam também na rede particular; a estrutura física atende muito bem às necessidades da comunidade docente e discente; e também, contamos com recursos didático-pedagógicos bons; só precisam de manutenção constante e de proteção.
Como se pode ver, não há difenrença na qualidade profissional e estrutural dos professores e da escola. Contudo, a grande disparidade a ser apontada para esta realidade é a falta de compromisso e de zelo com que alguns professores costumam conduzir a sua trajetória dentro da escola pública.
Uma aluna me disse o seguinte: "professor, se eu tivesse dinheiro, estaria na escola particular". Fiquei pensativo, mas sinceramente, concluí que no fundo ela tem razão: os professores decompromissados só existem porque o sistema governamental permite, com suas medidas brandas.

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Atletas! Manifestem-se!



Pessoal, essas fotos são uma demonstração do que o homem pode fazer para vencer obstáculos. Fica claro também que, em nome da superação, devemos atentar aos limites do nosso corpo, que não é de aço.
O jovem levantador de pesos não se lembrou disso, e deu no que deu: teve o braço quebrado violentamente.
A pergunta é: vale a pena tanto esforço? É válido "surrar" tanto o corpo de carne e osso?
Com a palavra, os atletas.
Fotos copiadas do site www.terra.com.br, em 13 de agosto de 2008.

terça-feira, 12 de agosto de 2008

Fotos das olimpíadas 2008.



Pessoal, no site do TERRA encontrei algumas fotos muito bem tiradas nas olimpíadas de Pequim. São cliques de momentos específicos da realização dos atletas nas diversas modalidades.
Quem quiser conferir, é só digitar www.terra.com.br

domingo, 10 de agosto de 2008

Olimpíada de Pequim 2008.




Os jogos olímpicos de Pequim representam uma integração de nações e uma convergência de interesses esportivos e até culturais. O Brasil está nessa disputa com a maior delegação da sua história. A nós, cabe torcer e desejar ardentemente que o nosso país traga algumas medalhas, não importa o metal.
Força Brasil, medalhas já..rsrs

sexta-feira, 8 de agosto de 2008

E aí pessoal...blz?

Vou deixar uma mensagem, que não é minha, mas me animou a mostrar para vocês o poder da nossa vontade de mudança em todos os setores das nosssas vidas.

"Não deixe que seus medos tornem-se obstáculos no caminho de seus sonhos..."

sexta-feira, 1 de agosto de 2008

campanha...

Apesar de o dr. Jean divulgar a sua campanha a prefeito pelas ruas de Cruz das Almas, a sua chapa está impugnada; nem aparece na lista de registro de candidaturas do TRE/Ba.
Nem Jean, nem Edson Ribeiro são candidatos, de fato, a nada em nosso município.
Pode ser que a situação mude no decorrer dessa campanha; coisa que eu acho muito difícil, mas em política, tudo pode acontecer. Só que, por enquanto, candidatos mesmo a prefeito de Cruz das Almas, só Orlandinho e Margarida Carvalho.
Maiores informações no site do TRE/Ba. www.tre.ba.gov.br