quarta-feira, 6 de novembro de 2013

O selo 666: a Besta

       
No texto do Apocalipse a besta são animais que surgem da terra e outro do mar, com feições horripilantes e grande poder de manipulação. O terráqueo que não tiver inscrito em seu corpo (físico ou espiritual) o nome, o número ou a marca dessa besta não poderá fazer absolutamente nada neste mundo, não importa que seja rico, pobre, escravo, liberto, grande ou pequeno.

Tirando a parte floreada da escritura bíblica, é preciso dizer que esse fato é verdadeiro e que, infelizmente, a esmagadora maioria dos humanos está selada por essa fraternidade controladora das dimensões paralelas, a organização 666. Quem controla esse universo há trilhões de anos é ela, mesmo antes de vivermos na Terra. 

Não se assustem com isso e nem se preocupem, pois quem carrega o tal selo viverá normalmente até a sua morte física, como soldado da ativa ou da reserva, em alguns casos; e será chamado a agir em determinadas circunstâncias. E todos agem, sem pestanejar, e às vezes, sem sequer perceber. Até os que se dizem inimigos da besta 666 pertencem a ela, e com ela comungam planos, ações, estratégias de controle e ataques aos "infiéis".
 
A marca da besta está em todos os humanos porque fomos criados (ou cultivados?) por seres dessa organização. A forma deles agirem supera a capacidade de compreensão humana e oblitera todos os nossos sentidos e percepções para que nunca venhamos a descobrir verdadeiramente que somos escravos. Muitos pressentem isso, mas não conseguem traduzir esse pressentimento em palavras. E ai daquele que tentar fugir! Ai daquele!
 
O selo 666 está em todos os lugares: nas marcas e nos desenhos dos carros, nos nomes de lojas, pessoas, números das casas e das repartições públicas e empresas. De alguma forma, a pessoa tem de carregar essa marca. Quando não, o seu nome ou o número, que se encontra disfarçado muitas vezes nos nomes e desenhos que mencionei.
 
Não pensem que a marca da besta é visível. O número pode até ser, mas a marca não. Ela fica gravada como um código de barras no corpo espiritual-energético do indivíduo. Todos, no entanto, percebem-no com os seus olhos espirituais inconscientes. Por isso a nossa sociedade tem essa formatação: estrutura hierarquizada e dominadora totalmente voltada à tecnologia de controle. Você já se perguntou por que há ricos, pobres, mendigos, doentes, sadios, pretos e brancos? Já se perguntou por que tanta gente, que não merece, e tem tudo e as que merecem não têm nada?
 
Para os maiorais dessa fraternidade, morte, vida, dor, sofrimento, ganhos e perdas fazem parte do mesmo pacote. Para eles, todos têm que sofrer, assumir sacrifícios, servir e executar o seu papel aqui na Terra ou nas outras dimensões. Portanto, ninguém é inocente. Mesmo que seja o homem mais rico ou o mais pobre deles. Não importa que seja religioso, ateu, preto ou branco, e por aí segue.
 
Em síntese, todos somos agentes dessa organização e somos controlados pelas crenças implantadas em nós pelos seus poderosos cientistas. Somos para esses maiorais do selo 666 o que o gado é para o fazendeiro.   
 
Depois eu falo mais. Se quiser, comente.

Autor: Gesiel Albuquerque