DIFERENTES TIPOS DE IMPLANTES E DISPOSITIVOS DE LIMITAÇÃO ESPIRITUAL

Os implantes das batalhas da dualidade são conseqüências das guerras, tais como as de Órion, Sírius, Maldek, Arcturus e as das Plêiades. Os implantes da Historia da Terra foram realizados com base nos acontecimentos dos períodos das sociedades da Lemúria e da Atlântida. Isto inclui também todas as limitações auto impostas, impedimentos mágicos, implantes de cristais tridimensionais e os “códigos 666” de limitação.

Implantes vivos: são fixados nos corpos mentais e emocionais das pessoas e são chamados de parasitas do corpo mental e emocional.Eles podem ser a causa espiritual de muitas enfermidades físicas. São um tipo de armamento psíquico que se manifesta no campo energético como uma espécie de arma.
Esses dispositivos podem representar traumas de vidas passadas e memórias corporais traumáticas (ex: memória de haver sido assassinados com a arma ou dispositivo que lhes é implantado). Esses dispositivos podem ser responsáveis por vibrações negativas atuais. As entidades podem ser qualquer espírito desencarnado com algum laço ou cordão que se conecta a você e podem pertencer a uma vida atual ou passada.

Formas-pensamentos: podem ser qualquer pensamento negativo e podem ser enviadas para você na forma de negatividade, maldições, feitiços, etc.

Implantes cinzentos, reptilianos ou draconianos: são as energias dos extraterrestres negativos, que continuam ativas na Terra através das implantações que realizaram.

Encobrimentos: são dispositivos de limitação espiritual que consistem em votos ou contratos com irmandades espirituais negativas, alianças profanas ou outras associações, feitos quando você se encontrava sem um guia interior, ou separado de Deus.
Estes votos e acordos afetarão a sua vida até que você os renuncie, através dos sonhos ou nos planos internos; e são a causa principal da interferência espiritual no seu caminho, nos níveis físico e psíquico. Esses votos podem também ser de pobreza, castidade ou obediência, etc.
Os acordos ou contratos implantados são os que mantêm os implantes em seu lugar e são os que fazem-no regressar à 3D, se não forem renunciados. Essa é a razão principal para que algumas técnicas de liberação não sejam bem sucedidas. Por isso, é necessário ter a participação consciente no processo de liberação.
Fonte: http://www.tiagociriaco.net/forum/viewtopic.php?f=7&t=120

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Esclarecimentos enviados por Rodrigo Romo

Rodrigo Romo é uma farsa

Anjos, deuses e equívocos