E o verbo se fez carne

Podemos mudar os acontecimentos com a nossa vontade. Tudo começa através dela; sem ela, o mundo, o universo, as criaturas, nada disso existiria. Lembre-se da frase "e o verbo se fez carne". O autor deste pensamento quis dizer o seguinte: a vontade se materializou, a inspiração se transformou em transpiração, a ideia se fez concreta.

Portanto, antes de achar que tudo está perdido, pense em querer o fim ou o começo de uma outra fase para a sua vida. Não desista nunca, não esmoreça porque isso enfraquece o seu desejo de se manifestar para o universo. Faça do seu verbo a sua realização e busque transformar a sua realidade querendo produzir outras situações menos traumáticas e mais consistentes para a sua vida.

Certa vez, o messias passava pela multidão que, alvoroçada, deixava-o quase invisível entre tanta gente e muito movimento. De repente, alguém lhe toca a roupa e o olha pedindo misericórdia pela sua situação. Acreditava aquela pessoa que bastava tocar-lhe a túnica e sua doença seria curada. E assim aconteceu.

Ao perceber aquele toque, o mestre olhou-a e disse: _ a tua fé te curou. Isto é, o desejo de curar-se, a vontade de se ver livre dos problemas que a atormentavam. A pessoa em questão era uma mulher que portava uma hemorragia intensa, a qual não havia conseguido estancar. Mas a sua vontade produziu efeitos milagrosos sobre a sua fé. Como se pode notar, tudo começa com o querer, e o universo se abre para realizá-lo. Não custa nada, entretanto, termos um cuidado absoluto com o que queremos.

Autor: Gesiel Albuquerque

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Rodrigo Romo é uma farsa

Esclarecimentos enviados por Rodrigo Romo

Anjos, deuses e equívocos