Paulo Coelho (II)


(I)

Diz o mestre:

A palavra é poder. As palavras transformam o mundo e o homem. Todos nós já escutamos dizer: “não se deve falar das coisas boas que nos acontecem, pois a inveja alheia destruirá nossa alegria”.

Nada disso. Os vencedores falam com orgulho dos milagres de suas vidas. Se você coloca energia positiva no ar, ela atrai mais energia positiva – e alegra aqueles que realmente lhe querem bem.

Quanto aos invejosos, aos derrotados – estes só poderão lhe causar algum dano se você lhes der este poder. Não tema. Fale das coisas boas da sua vida para todos que quiserem ouvir. A alma do mundo precisa muito de sua alegria

(II)

Feche os olhos. Não precisa sequer fechar os olhos. Basta imaginar a seguinte cena: um bando de pássaros voando. OK, agora me diga quantos pássaros você viu. Cinco? Onze? Dezessete?

Seja qual for a resposta – e dificilmente alguém sabe dizer com exatidão o número exato – alguma coisa fica bem clara nesta pequena experiência. Você pode imaginar um bando de pássaros, mas o número de aves fugiu ao seu controle. Entretanto, a cena era clara, definida, exata e, em algum, lugar, existe a resposta para esta pergunta.

Quem definiu quantos pássaros deviam aparecer na cena? Você não foi.

Autor: Paulo Coelho

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Rodrigo Romo é uma farsa

Esclarecimentos enviados por Rodrigo Romo

Anjos, deuses e equívocos