Acontecimentos no planeta


Preocupa-me o fato de a humanidade estar tão vulnerável à ação dos Ets e magos negros. Entretanto, sei que isso se dá devido às inúmeras conexões, contratos e pactos estabelecidos entre muitos humanos e os seres das organizações dominadoras. Preocupa-me, também, o andamento dos acontecimentos no planeta. Afinal, onde vamos parar? Por que as entidades-guia deste universo ainda não intercederam? Penso que, aos poucos, estamos cedendo a nossa moradia aos incômodos vizinhos das infradimensões.

Desde a mais remota antiguidade, estes seres têm vivido em nosso planeta juntamente com outras raças semelhantes. Entre elas estão os seres-águia (tão divulgados pelos egípicios), os astronautas e os répteis. Em algum momento, eles resolveram não mais aparecer para nós e se "enclausuraram" nas quarta, quinta e sexta dimensões terráqueas respectivamente. Não tenho vocação para ser profeta do caos, mas estou sinceramente preocupado com os rumos da nossa civilização.

Quando os véus encobridores das consciências cairem, as pessoas verão quem são verdadeiramente e a quem se ligam nas diversas dimensões conectadas ao nosso mundo. Muitos humanos têm plena noção das suas especialidades e tarefas a serem desenvolvidas na Terra. Eles estão esperando o momento certo para agirem mais intensamente na concretização dos propósitos do tenebroso chefe, a quem chamam de "lord ou egrégora". Os propósitos desta egrégora são: massificar a ilusão dos sentidos, dominar as vontades e desejos humanos, roubar energias vitais, impedir a libertação das consciências, realizar experimentos biológicos, ampliar a violência ao extremo, reforçar doenças crônicas (aids, câncer, diabetes e outras) e escravizar os homens. Muitos destes intentos já estão em andamento faz tempo.

Outra forma de servir aos chefes do mundo astral é manter a violência em todos os níveis. Mesmo aquele cidadão aparentemente tímido e pacato contribui, de alguma maneira, para a instituição deste estado destrutivo. Você deve estar se perguntando, como isso pode ocorrer? Por exemplo: quando você destroi o meio ambiente ou castiga o corpo físico, usando drogas e afins; quando mata animais desnecessariamente ou estimula atitudes más, quando oprime o seu semelhante pela palavra, pela dor ou pela humilhação (ainda que seja dentro de casa), está, em algum nível, contribuindo para que a violência continue a existir. Não faço, no entanto, juízo de valor sobre o quanto esta situação está certa ou errada, se contém pecado ou não. Somos assim, inexoravelmente, desde que viemos de outros mundos.

A humanidade é composta por vários seres oriundos de outras galáxias. Por causa disso, existem nela uma gama variada de entidades dos mais diversos matizes psicológicos e emocionais; e propósitos diferenciados em relação à manutenção da vida e, consequentemente, do planeta Terra. Muitos estão aqui forçadamente cumprindo um tipo de castigo pessoal por terem incomodado aos seus superiores. Na maioria das vezes, não têm qualquer consideração e respeito pelos outros humanóides e não pretendem viver em harmonia. Daí tanta situação triste e as muitas tragédias sofridas pelos povos ou infringidas por estes ao restante dos outros habitantes. Lembre-se, por exemplo, da situação do continente africano (Burúndi, Etiópia, Serra-Leoa, Somália, Zimbabué e outros países). As razões do sofrimento daquela gente estão ligadas às suas vivências em galáxias remotas, nas quais se envolveram em guerras, magias e torturas. Ora foram vilões, ora, vítimas. Mas isso não tem nada a ver com karma, que é uma grande bobagem.

Convém dizer que alguns planetas do nosso sistema solar já foram habitados por nossa raça que, por ignorância ou atendendo às ordens dos seus líderes, destruiu aqueles astros os quais lhes serviram de moradia por longos e longos anos. Isto aconteceu através de manipulações químico-orgânicas e fisico-químicas das partículas da matéria, o que levou à destruição do solo, das águas, do ar e dos micro-organismos. Muitos dos seres advindos daqueles planetas juraram não mais realizar pesquisas e manipulações em nenhum nível que colocasse em perigo os demais seres. Entretanto, falharam e continuaram a produzir experimentos altamente perigosos à nossa composição genética, os quais, em breve, serão descobertos. Talvez quando isso acontecer, será tarde demais.

É possível que o problema da raça humanóide seja a diversidade de espécies alienígenas ocupando corpos de carne e osso e vivendo, completamente, os desígnios de seus senhores. Entre estes, há os que possuem boas intenções e amam os seres da Terra. No entanto, infelizmente, a maioria destes "senhores" está imbuída de um único intento: escravizar mental, emocional e energeticamente a criaturas do reino hominal.

Como se pode observar, a egrégora tem controlado as mentes e emoções humanas ao longo de milhares de anos e de forma muito sutil, aproveitando-se das nossas fragilidades emocionais e mentais; e obtendo êxito significativo, cada vez mais, enraizando crenças e hipnoses nas células da nossa memória estelar. Tais gravações permanecem eternamente instaladas nos resíduos intracelulares e nos centros de comando de cada indivíduo, influenciando as atitudes, desejos e as manipulações produzidas por pessoas consideradas, inlcusive, as mais insuspeitas.

Infelizmente, apresento-lhes uma constatação lamentável, porém verídica. Os humanos são controlados mental e emocionalmente porque possuem com os seus "controladores" uma total identidade quântica, o que facilita para estes a realização dos seus intentos neste orbe. Honestamente, penso ser muito difícil haver uma libertação total deste controle porque, de uma certa maneira, dependemos dele para existir enquanto entidades singulares. Os tais controladores entendem que a energia deve estar sempre em movimento, provocando atrito; e o que conhecemos como violência não é nada significativo para eles, comparada aos percalços de cada ser e à sua necessidade de sobrevivência nos sistemas planetários a que pertencem: cada um tem a sua particularidade.

Os indivíduos que não desejam continuar nesta escravidão (e enganação), precisam agir para modificar este quadro. Todos os habitantes deste planeta (não pactuados) e suas representações astrais devem se unir contra a ação dos terríveis magos negros e Ets, principalmente os zetas e os insetos. Ou então, nossa permanência nesta superfície chegará ao fim mais rapidamente do que o esperado. Devo reconhecer, porém, que tal união é muito díficil por causa da noção errônea de muitas pessoas sobre estes fatos. Ou seja, muitos têm a opinião que tais assuntos não passam de conto da carochinha. Enquanto isso, nossa situação mundial se agrava mais e mais (fome, miséria, mortes crueis, controle, desastres ambientais, sofrimentos diversos, doenças incuráveis). Certa vez, um mentor me disse o seguinte: _"Tudo está onde devia estar". Em sendo assim, digo, quem sou eu para questionar as trilhas do destino?

Autor: Gesiel Albuquerque

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Esclarecimentos enviados por Rodrigo Romo

Rodrigo Romo é uma farsa

Anjos, deuses e equívocos