Os ETs aquáticos e os seres humanos.



Os humanos pertencem a um grupo de seres galácticos provenientes de vários planetas do universo. Ocorre que, dentre as várias “espécies alienígenas” formadoras da nossa genética, destacam-se os seres aquáticos. Quem são eles? Bem, essas criaturas vivem em mundos totalmente submersos em líquido, não especificamente a água. Em vários planetas, há líquidos de composições químicas diferentes do H2O (a molécula da água).
Nesses mundos, existem cidades cravadas em depressões submarinas e protegidas por bolhas subaquáticas gigantescas.
Os habitantes dessas cidades são semelhantes aos humanos, com pequenas diferenciações. Por exemplo, alguns deles possuem barbatanas e respiram por aberturas sobre a pele. Outros possuem um sistema de filtragem dos líquidos, o que lhes permite retirar dele as impurezas ou partículas desnecessárias ao seu organismo, como o sal, as algas e outros elementos, instantaneamente.
Os seres aquáticos são detentores de grande tecnologia bélica, industrial e química. Esses seres-peixe possuem motocicletas espaciais, barcos voadores e podem, também, se teletransportarem para qualquer lugar, inclusive, viajar no tempo.
Para se comunicar, eles utilizam a voz, mas podem usar a telepatia. Muitos desses seres se parecem com golfinhos. O detalhe é que podem, além de nadar, andar como seres bípedes.
Do ponto de vista do caráter, os aquáticos são belicosos, pois deteem grande conhecimento científico para, por exemplo, produzir bombas nucleares ou fabricar aparelhos de controle mental. Portanto, não é uma boa idéia aproximar-se desses seres, já que eles não demonstram qualquer interesse em conhecer outras raças, e nem o de manter com elas qualquer intercâmbio.
Os aquáticos sabem manipular os cristais. Através de um processo estranho a nós, eles conseguem potencializar as energias disponíveis em seu habitat para fortalecerem os seus experimentos científicos na fabricação de bombas, nas plantações, no controle mental, na modificação genética, na clonagem, em holografias, e até na aplicação de magia negra.
No planeta Terra, há diversos humanos com a genética dos seres aquáticos. Alguns são, inclusive, seus espiões, os quais informam aos seus líderes tudo o que se passa no planeta e quais as possíveis implicações contrárias aos objetivos deles para com a humanidade.
Próximo artigo será sobre os ETs insectóides.
Autor: Gesiel Albuqerque

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Esclarecimentos enviados por Rodrigo Romo

Rodrigo Romo é uma farsa

Anjos, deuses e equívocos