Polícia X espadeiros



O casamento do CEAT rendeu o que falar. Alguns amigos me disseram que a quantidade de espadas surpreendeu. A batalha começou em frente do CEAT e se estendeu até a praça Senador Themístocles e adjacências. Ocorre que, como de costume, os excessos também foram marcantes: espadeiros alcoolizados soltaram espadas até contra as viaturas policiais que davam segurança à cidade. Os militares também se excederam ao jogarem bombas de gás lacrimogêneo e atirarem com balas de borracha contra a multidão. Em suma, foi uma "festança" regada a álcool, espadas e balas. Bom começo para o são joão cruzalmense.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Esclarecimentos enviados por Rodrigo Romo

Rodrigo Romo é uma farsa

Anjos, deuses e equívocos